04,Jun
Cultura e Entretenimento

PALCO HIP HOP - DANÇAS URBANAS 2020: Festival acontece de 31 de janeiro a 2 de fevereiro

Belo Horizonte é um dos mais importantes pólos da cultura Hip Hop no Brasil. Eventos relevantes como o Palco Hip Hop confirmam essa reputação. Criado em 2011, o festival sempre apresentou um panorama abrangente da cultura de rua, com espaço para as quatro manifestações artísticas que compõem esse movimento: MC, DJ, B.girls e b.boys e grafitti.

Com nove anos de resistência, este ano o festival celebra sua 6ª edição dedicada ao tema das Danças Urbanas. Entre os destaques estão as apresentações do rapper Neghaum, veterano que é um dos mais expressivos nomes do rap mineiro, e a MC Laura Sett, representante da nova geração do rap da cidade, além dos grupos de dança Cultura do Guetto,  Soul Gueto, Fusion Base, Grupo Identidade e o b.boy Led Marques. Figura central dessa cultura nascida no Bronx, o DJ recebe destaque em todas as edições e este ano o festival traz figuras emblemáticas dos toca-disco como Pat Manoese, Kingdon, Roger Dee, MF e André Rockmaster.

evento palco hip hop acontece em belo horizonte
Evento acontece de 31 de janeiro a 2 de fevereiro (Foto: Pablo Bernardo)

Toda essa programação integra o VAC - Verão Arte Contemporânea, parceria que acontece pela 6ª vez, reforça o criador do evento, o produtor cultural Victor Magalhães. Ele acrescenta também  a importância do patrocínio e apoios para a continuidade do projeto: “A Cemig e o SESC são essenciais na continuidade do Palco Hip Hop, e são o exemplo de como as empresas e o estado são importantes para as políticas culturais”, ressalta.

A primeira etapa acontece de 31 de janeiro a 2 de fevereiro, e em maio contará com mais edições nas regiões do Barreiro e Contagem. Neste primeiro momento o festival em espaços como a Cafuá - Casa Fusion de Arte (Rua Brasília, 417 - Carlos Prates), a Sede do Cultura do Guetto (Rua Botelhos, 55 – Bonfim) e, dentro da programação do 14º Verão Arte Contemporânea (VAC), o Palco ocupa também o Sesc Palladium (Rua Rio de Janeiro, 1046).

A entrada é franca e somente a programação do Grande Teatro (Sesc Palladium) terá cobrança de ingressos. Os ingressos custam R$ 2,00 (inteira) e R$ 1,00 (meia entrada) e devem ser adquiridos na bilheteria do Sesc Palladium, no dia de cada programação, a partir de 12H, com o limite de 1 ingresso por pessoa.  A programação dos bate-papos e do Grande Teatro serão acessíveis em libras. O SESC Palladium possui acessibilidade para todos os espaços que receberão o evento.
 
O Palco Hip Hop Danças Urbanas é uma realização da Neon, viabilizado através da Lei Federal de Incentivo à Cultura.
 
Acessibilidade e inclusão

A inclusão é uma pauta sempre presente no Palco Hip Hop. O festival é o único do gênero que é acessível em Libras, no Brasil e este ano terá programação em braile na porta do teatro e em áudio, atendendo também as pessoas com deficiência visual. Quanto à programação, o produtor Victor Magalhães faz questão de frisar que o fortalecimento da cena local é um ponto importante para o projeto. “A programação é composta por 85% de artistas do estado de Minas Gerais, além de nomes importantes da cena nacional que colaboram e fortalecem o intercâmbio com o projeto”, diz.  Este ano o festival traz novidades como as batalhas de dança em duplas e o espaço Hip Hop Família, dedicado a crianças a partir de 2 anos e jovens até os 16, com jogos interativos, fliperama, workshops e “Librário”, que tem o objetivo de ensinar Libras através dos jogos.  O espaço contará também com fliperamas para entretenimento do público e um fraldário com espaço para amamentação.

Comentários